Dia Mundial da Saúde Mental

Dia 10 de Outubro assinala-se o Dia Mundial da Saúde Mental.

Partilhamos e fazemos nossas as palavras da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Imaginemos que existe um problema de saúde que afecta 1 em cada 5 pessoas, cujo impacto na vida pessoal, familiar e laboral é profundo e prejudicial, para o qual existem tratamentos disponíveis, mas mais de metade das pessoas não recebe ajuda. Estaremos a falar de negligência que afecta pessoas com cancro ou diabetes? Não. Esta é a realidade actual das pessoas com problemas de Saúde Psicológica em Portugal.

Segundo um estudo recente, 23% dos portugueses tem um problema de Saúde Psicológica. Os problemas mais comuns estão relacionados com a ansiedade e a depressão.

Embora, às vezes, desvalorizemos a importância dos problemas de Saúde Psicológica, eles podem ser tão maus (ou piores) do que qualquer outro problema. São responsáveis por 40% dos anos de vida saudável que perdemos e são mais debilitantes do que a maior parte dos problemas de saúde física. Interferem com a nossa capacidade de realizar as tarefas do dia-a-dia, de trabalhar, de aproveitar os tempos livres e de manter relações saudáveis com os outros.

Esta realidade tem implicações graves não só nas pessoas afectadas e nas suas famílias, mas também na sociedade em geral. Por exemplo, os problemas de Saúde Psicológica estão associados com a diminuição da produtividade causada pelo absentismo e presentismo que, em Portugal, pode custar às empresas €300 milhões.

No entanto, independentemente deste impacto, o acesso aos cuidados de Saúde Psicológica é limitado. Em Portugal, 65% das pessoas que sofre de problemas de Saúde Psicológica não recebe ajuda. Apesar das evidências científicas apontarem a existência de Psicólogos e de intervenções psicológicas como estratégias custo-efectivas no tratamento, prevenção e promoção da Saúde Psicológica, existem apenas 601 Psicólogos no Sistema Nacional de Saúde. Seriam necessários, pelo menos, três vezes mais.

Os problemas de Saúde Psicológica são ainda responsáveis pelo estigma que afecta muitas pessoas e as suas famílias, que sofrem não só os efeitos do impacto emocional dos Problemas de Saúde Psicológica, mas também uma diminuição da qualidade de vida, exclusão social e perda de oportunidades.

Precisamos de uma sociedade mais consciente dos problemas de Saúde Psicológica e de expandir a capacidade de resposta aos problemas de Saúde Psicológica através de intervenções psicológicas eficazes.

A Saúde Psicológica é fundamental para aumentar a qualidade de vida e promover o desenvolvimento económico e social. Sem Saúde Psicológica não há Saúde.

Ordem dos Psicólogos Portugueses
www.encontreumasaida.pt 

 

Para partilharShare on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page
Publicado em Destaques, Partilhas, Psicologia