Bullying

Bullying (AFI: [ˈbʊljɪŋ]) é um anglicismo utilizado para descrever atos de violência física ou psicológica intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos, causando dor e angústia e sendo executadas dentro de uma relação desigual de poder (in wikipédia)

O Bullying corresponde a um comportamente intencionalmente agressivo, violento e humilhante. Envolve um desequilíbrio de poder – força física ou acesso a informação constrangedora, por exemplo – para controlar e prejudicar o outro.

O Bullying inclui comportamentos como: ameaçar, espalhar boatos, atacar alguém fisica ou verbalmente ou mesmo exlcuir alguém de um grupo, propositadamente.bullying

O Bullying NÃO é normal nem faz parte de “ser criança” ou “crescer”, nem torna ninguém “mais forte”. Responder à violência com a mesma violência não resolve o problema, pois cria-se um ciclo que não ajuda em nada a vítima.

As vítimas, normalmente crianças, de bullying, muitas vezes remetem-se ao silêncio sobre as agressões, de forma a evitar retaliações. No entanto,  são vários os sinais que podem indiciar que a criança é vítima: Estão constantemente com medo, ansiosas, com dores físicas, dificuldades de concentração, recusa em ir para a escola, entre outros.

É necessário estar atento, importa falar e agir contra o bullying!

Encontre(-se) aqui – @ Psicologia em Activ@Mente®
211547533 | psicologia@gmail.com | Localização

(texto adaptado de encontreumasaida.pt)

 

Para partilharShare on FacebookShare on LinkedInTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someonePrint this page
Publicado em Activ@Mente, Adolescência, Crianças, Psicologia, Um Tema por Semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*